CNE
E teme pela falta de preparação das empresas

AIA quer revisão da lei das PME por causa da nova Lei Geral do Trabalho

NEGÓCIOS. Líder da associação critica a Lei Geral do Trabalho, apontando falhas que prejudicam as empresas. José Severino garante que a nova lei “não é amiga das PME” e quer uma intervenção do Inapem. Sindicados aplaudem a lei por ser “mais favorável”, em alguns casos, aos trabalhadores.

 

AIA quer revisão da lei das PME por causa da nova Lei Geral do Trabalho

Associação Industrial de Angola (AIA) propõe que se reveja a lei das pequenas e médias empresas (PME), aproveitando a ‘boleia’ da aprovação da Lei Geral do Trabalho (LGT).

A proposta surge devido aos novos direitos dos trabalhadores que estão previstos com a alteração da Lei Geral do Trabalho, com destaques para a extensão da licença da maternidade, o aumento dos dias de licença de paternidade e o tempo de indemnização em caso de despedimento.

Para ler o artigo completo, subscreva o Valor Económico, por transferência, para A006 0051 0000 7172 9933 1532 1 e envie o comprovativo para assinaturas@gem.co.ao ou ligue para 00244 941 784 791 e 00244 941 784 792.