SUBSCRIÇÃO

Se há resultados desiguais, a solução passa pela recontagem

07 Sep. 2022 V E Editorial
Se há resultados desiguais, a solução passa pela recontagem

O país político mantém-se em transe. Adalberto Costa Júnior apresentou resultados do escrutínio paralelo da Unita e exige que lhe seja restituída a vitória atribuída pela Comissão Nacional Eleitoral a João Lourenço. Por muito que se tente inventar narrativas contrárias, não é uma reivindicação qualquer. Trata-se de uma reclamação que pressiona as instituições controladas pelo MPLA para um nível de estresse jamais visto.

Pela primeira vez, o país corre o risco de ser governado, de facto, por um partido que não ganhou as eleições. Não foi assim em todos os processos anteriores. Todos conhecemos a história, mas não custa recordá-la. Em 1992, a alegação de fraude da Unita não teve o necessário acolhimento.

Para ler o artigo completo no Jornal em PDF, faça já a sua assinatura, clicando em ‘Assine já’ no canto superior direito deste site.