No condomínio das 100 casas

BPC-Imobiliária denuncia empresa que comercializa moradias à margem da lei

O Banco de Poupança e Crédito (BPC), através da  BPC-Imobiliária, alerta possíveis compradores de moradias no 'Condomínio das 100 casas', em Talatona, que ainda não está a comercializar os imóveis.

BPC-Imobiliária denuncia empresa que comercializa moradias à margem da lei

A BPC-Imobiliária sentiu-se obrigada a lançar um comunicado porque "tomou conhecimento de que uma empresa denominada HL-Francisco-Decor e Design, representada por Hélio João Francisco, está a comercializar moradias neste condomínio sem que tenha qualquer vínculo com a subsidiária do BPC".

No comunicado a que o Valor Económico teve acesso, a BPC-Imobiliária explica ainda que "o senhor Hélio João Francisco alega ser o legítimo detentor de um conjunto de 20 imóveis no referido condomínio, informação que não corresponde a verdade”.

A BPC imobiliária alerta ainda a todos os interessados em adquirir moradias para não procederem a cedência ou venda de qualquer casa à empresa HL-Francisco-Decor e Design e que a imobiliária é a única entidade autorizada a vender imóveis neste condomínio.

A venda de moradias será pública e terá como canal preferencial o 'website' da BPC- imobiliária, avisa a empresa. A BPC- imobiliária declina também quaisquer responsabilidades civis ou criminais, resultantes de uma eventual transacção financeira.

Não é a primeira vez que são feitas vendas à margem da lei neste condomínio. Em 2017, 40 famílias foram despejadas por terem comprado moradias a entidades não autorizadas para a venda.  

 

X