Girabola Zap
Banco BAI
Para dinamizar cooperação entre empresas dos dois países

Angola quer implementar câmara de comércio com a Suíça

12 Mar. 2020 Economia / Política

A embaixadora de Angola na Suíça, Cecília Rosário, manifestou hoje, quinta-feira, naquele país europeu, o desejo de ver implementada a Câmara de Comércio e Indústria Angola - Suíça, para dinamizar a cooperação entre empresas dos dois países.

Angola quer implementar câmara de comércio com a Suíça

Ao falar durante encontro com o prefeito e director das Finanças do Cantão de Uri (Suíça), Urs Janett, a diplomata afirmou que a eventual criação da Câmara de Comércio vai impulsionar a diversificação da economia e acelerar os investimentos na agricultura, pecuária, agro-indústria e transportes.

Citada por uma nota da Embaixada de Angola na Suíça, Cecília Rosário sublinhou que a concretização desse intento ajudaria no crescimento e na competitividade da economia do país.

Segundo o documento a que a Angop teve acesso hoje, a embaixadora de Angola afirmou que o país tem tudo para crescer e se desenvolver, mas precisa das experiências, tecnológica e demais conhecimentos científicos de países como a Suíça.

As relações político-diplomáticas e de cooperação entre Angola e a Confederação Helvética remontam desde os primeiros anos da independência nacional.

O seu envolvimento traduziu-se fundamentalmente em acções de carácter humanitário, através do Sector de Ajuda Humanitária, nomeadamente na desminagem e na construção da Escola Técnica Agrária de Catofe, localizada no município da Quibala, província do Cuanza-Sul.

Os dois Estados têm vindo a estabelecer um processo de consultas políticas a nível diplomático, que constitui um mecanismo útil, destinado a promover o diálogo bilateral entre ambos.

As consultas políticas entre Angola e a Suíça abrangem, entre outras, as áreas das relações bilaterais, questões regionais e internacionais de interesse recíproco, implementação de acordos mútuos e troca de experiências sobre questões de interesses comum.