Bilionários facturam 4 biliões USD durante pandemia

07 Apr. 2021 Sem Autor Gestão

oportunidade. 2020, um ano negro para a maioria dos agentes económicos, criou, no entanto, 412 novos bilionários. A riqueza combinada dos mais ricos aumentou 32% para 14.7 biliões de USD, mais dois biliões do que o PIB da segunda maior economia do mundo.

Bilionários facturam 4 biliões USD durante pandemia

Com o FMI a estimar que a economia mundial encolheu quase 5% em 2020, o pior declínio desde a grande depressão, com estimativas a apontar para até meio milhão de novos pobres, com o desemprego a chegar próximo dos 10% em muitos países com economias de ponta como os EUA, com indústrias de rastos com a perda de biliões em recitas frustradas como a aviação e a hotelaria, com as restrições de movimento e as quebras de consumo, ainda assim os mais ricos facturaram 4 biliões de USD desde o início da pandemia.

No ano passado 412 novos bilionários juntaram-se à lista que já contava 2876 super ricos segundo a Hurun Global Rich List 2021. A riqueza combinada destes 3288 indivíduos é superior ao produto interno bruto da China (12.2 biliões de USD) e apenas inferior aos dos EUA (cerca de 19 biliões USD).

Três dos bilionários mais ricos do mundo, ElonMusk, o dono da fabricante automóvel Tesla, Jeff Bezos, fundador da Amazon e Colin Zheng Huang, da Pinduoduo adicionaram mais de 50 mil milhões cada um às suas fortunas pessoais.

Elon Musk, Jeff Bezos, Bernard Arnault da LVMH, Bill Gates, fundador da Microsoft e Mark Zuckerberg contam fortunas acima dos 10 mil milhões de USD cada um.

A China, que foi dos poucos países com crescimento positivo durante 2020, passou à frente dos EUA com 1058 bilionários, mais 259 do que no ano passado e a capital Beijing passou Nova Iorque com a maior concentração de bilionários do mundo com 145 versus 112.

A principal fonte de riqueza dos bilionários foi o sector da saúde e do imobiliário, mas 17 dos novos bilionários foram forjados no mundo das cripto moedas de acordo com o mesmo relatório. Muitos bilionários nasceram do dia para a noite com a entrada das empresas em bolsa e a respectiva valorização que produziu oito milionários por semana em 2020.

X