Anúncio de subscrição
PUBLICIDADE

O Projecto Unitel Cabo Submarino Norte, aterragem bem sucedida em Angola

[Angola, 11 de Junho de 2022] A Unitel anunciou que completou o desembarque marítimo do Cabo Unitel North Submarino (UNSC) com ligações directas da terra para o provincia mais a norte Cabinda, e com isso alcançou um importante passo em direcção ao futuro digital para a indústria das telecomunicações e para a sociedade angolana.

 

O Projecto Unitel Cabo Submarino Norte, aterragem bem sucedida em Angola

A provincia de Cabinda é uma importante provincia económica e tem um porto marítimo com uma localização geográfica especial, a comunicação com os outros países tem estado dependente de uma solução micro-ondas situação que será agora ultrapassada, com a chegada do cabo Submarino da Unitel que fornecerá aos residentes e empresas locais, uma rede de base submarina com grande capacidade, baixo atraso e alta fiabilidade. Além disso, o Cabo submarino da Unitel fornecerára ramais ao longo da rota, para conexões com plataformas de petróleo e gás para atender às necessidades das companhias petrolíferas com contacto em tempo real com plataformas offshore e gestão remota automatizada, aumentando a eficiência da produção das companhias petrolíferas.

 O Cabo Submarino de Fibra da Unitel tem cerca de 1145 km de comprimento e uma capacidade de concepção de 93,4Tbit/s. Para assegurar ligações de rede de alta fiabilidade nas águas turbulentas do estuário do rio Congo, o sistema adopta uma concepção protegida de 1+1. Um segmento repetido ligará Cacongo e N'zeto; enquanto que um segmento não repetido ligará Cabinda e Soyo, ambas cidades de grande relevância na producão de petróleo de Angola.

(Visão geral da rota do Cabo Submarino Norte da Unitel)

O CTO da Unitel, Sr. Amilcar Safeca, comentou que: "Com o rápido desenvolvimento do mercado das telecomunicações em Angola, a comunicação de dados e voz aumentará significativamente, e por isso requer uma melhor rede de transmissão para apoiar o funcionamento da rede. O Cabo Submarino Norte da Unitel irá satisfazer os próximos 10 a 15 anos de exigências empresariais e irá melhorar fortemente a qualidade da comunicação em Cabinda, promoverá a transformação digital de Angola, e apoiará fortemente a promoção da estratégia nacional de desenvolvimento das TICs".

"Já o Sr. Chu Xiaoxin, Director Executivo da Huawei Angola comentou que a Huawei e a HMN Technologies estão muito orgulhosas de se associarem à Unitel para fornecer soluções de rede de vanguarda que facilitarão a visão da Unitel de impulsionar uma economia digital em toda a nação. Frisou ainda que, ambas instituições estão entusiasmadas por terem atingido esta etapa do projecto, pois tem trabalhado em estreita colaboração com a Unitel para entregar o sistema dentro do prazo e das especificações e que existe um grande empenho em construir uma plataforma global que sirva as necessidades crescentes de diversos desafios, através das nossas soluções.