No Kuando-Kubango

Praga de gafanhotos devasta alimentos para quase 2.500 pessoas

Uma praga de gafanhotos está a ameaçar a cultura de alimentos para pelo menos 2.500 pessoas, em municípios do Kuando-Kubango, que depois da seca em 2019, veem-se agora a braços com este problema.

Praga de gafanhotos devasta alimentos para quase 2.500 pessoas

Segundo o administrador municipal do Rivungo, Abílio Jornal Sasongo, em declarações emitidas hoje pela rádio pública, a situação já se verifica há uma semana.

Abílio Jornal Sasongo referiu que os insetos por onde passam estão a devastar as culturas das populações, sobretudo o milho.

“Pode chegar a meio hectare (a zona afectada) e poderá causar algum problema alimentar”, referiu o responsável, frisando que estão a aconselhar a população a usar métodos artesanais para espantar os gafanhotos, enquanto aguardam por uma intervenção com meios aéreos e inseticidas.

“Estamos a aconselhar a população a usar métodos rudimentares, quando os gafanhotos passam, para ficarem nas lavras e com os ramos enxotar os gafanhotos e eles não pousarem”, explicou.

                                                                                  

X