EMPRESA NORTE-AMERICANA RESPONDE AO BNA

Wayfex garante não estar ilegal

10 Nov. 2021 Mercado & Finanças

A Wayfex, empresa tecnológica do sector financeiro (Fintec), com sede nos Estados Unidos da América, garante não estar a operar de forma ilegal e directamente em Angola, como referiu o Banco Nacional de Angola (BNA) em comunicado.

Wayfex garante não estar ilegal

Ao Valor Económico, Carlos Veiga, fundador e CEO da Wayfex, explica que a empresa facilita os clientes, sobretudo empresários e investidores, com dificuldades no acesso às divisas para pagamentos no exterior, através do parceiro “devidamente licenciado pelo regulador”, no caso, a Unitransfer.

“Dada a natureza global do negócio, a Wayfex desenvolveu uma plataforma web de promoção de swaps de activos financeiros entre os seus clientes e conta com parceiros totalmente regulados nas jurisdições onde ocorrem as necessidades de pagamentos locais, que complementam a sua capacidade de serviço, sendo que os contratos de swap são estabelecidos directamente entre a Wayfex e os seus clientes”, explica o gestor, referindo que, no caso dos EUA, a empresa conta com a Wells Fargo para as contas ‘trust’ e, em Angola, com a Unitransfer “que está licenciada pelo BNA para Serviços de Pagamentos (que é exactamente o serviço que fornece à Wayfex), em kwanzas e entre contas domiciliadas apenas em território angolano”, explica.

O empresário, que garante que a actividade com clientes baseados em Angola decorre na normalidade apesar do exposto pelo regulador, mantendo a previsão de transaccionar 100 milhões de dólares até ao final do ano, sublinha que não opera no mercado cambial. E refere, por exemplo, o processo de compliance “que envolve mecanismos de Know-Your-Customer, Anti-Money-Laundering e de Counter-Terrorism, de acordo com o que nos é exigido pelo FinCen, nos EUA”.

Em comunicado emitido a 4 deste mês, o BNA esclareceu que não concedeu qualquer aval ou licença à referida empresa para o exercício de quaisquer actividades no país, embora reconheça que o seu parceiro esteja legal.

“Apesar de a UNITRANSFER, S.A. ser uma instituição financeira não bancária, autorizada pelo Banco Nacional de Angola a desenvolver parcialmente a actividade de comércio de câmbio, não está habilitada a realizar operações de swaps e quaisquer outras fora do seu objecto social”, alertou o BNA.

X