Girabola Zap
Banco BAI

ZEE afirma não ter encerrado fábrica de detergente

21 Jul. 2020 Empresas & Negócios
ZEE afirma não ter encerrado fábrica de detergente

O conselho de administração da Sociedade de Desenvolvimento da Zona Económica Especial Luanda-Bengo negou ter encerrado a fábrica de detergentes pertencente ao grupo empresarial Nice South Atlantic, Lda, por alegada falta de alvará de licença industrial, esclarecendo que foi decisão dos inspectores do Ministério da Indústria e do Comércio.

A direcção da ZEE explica ainda que, apesar de a unidade não estar ainda operacional, cumpriu com os procedimentos legais, visto que foi “obtido previamente o alvará de licença industrial provisória do ex-Ministério da Indústria, em Junho de 2019, cuja validade era de seis meses”.

Acrescenta que a renovação só não ocorreu imediatamente devido ao “quadro epidemiológico em que o país e o mundo estão envolvidos e que criou várias incertezas, com a consequente retirada em massa do pessoal operacional das unidades e com a desarticulação das suas estruturas administrativas”.

“Decerto, antes da sua inauguração e início de actividades, a licença seria renovada. Aliás, foi o arrojo dos promotores, comprometidos com a produção nacional e a empregabilidade que, contrariando toda a envolvente de mercado, permitiu a continuidade do projecto (construído em menos de sete meses), cumprindo com o estabelecido pelas autoridades sanitárias nacionais, conforme previsto pelo estado de emergência, como previsto no declarado estado de calamidade pública, em vigor,” justifica.

O empreendimento encerrado, na sexta-feira, 17, consta do conjunto de oito cuja inauguração está prevista para o próximo Agosto. Entretanto, a direcção da ZEE garante apoio às iniciativas de empreendedores nacionais e ao investimento privado estrangeiro, alinhados ao programa do Executivo de aumento da produção nacional e a empregabilidade.

X