Girabola Zap
Banco BAI

Contelmed investe telemedicina

A empresa Contelmed investiu mais de um milhão de dólares na criação de um projecto de telemedicina, visando o atendimento de pessoas que venham a desenvolver sintomas da Covid-19. Denominada ´Teledoutor Angola’, a plataforma contem médicos que podem ser contactados por via do Whatsapp, instruídos a realizar assistência grátis aos pacientes, além de sigilosamente colaborarem com as autoridades em caso de os despistes da doença forem positivos.

Contelmed investe telemedicina

Ao VALOR, Renata Barbosa, country manager da companhia, sublinha que, apesar de a empresa ser angolana, a plataforma foi primeiramente experimentada em Portugal e Brasil, tendo garantido que a aposta financeira na encriptação de comunicações torna o projecto mais seguro em relação a muitos programas de telemedicina que existem.

“Investimos muito em desenvolvimento tecnológico para criar condições seguras adaptadas às necessidades dos utilizadores”, conta Renata Barbosa, para quem não basta fazer-se recurso ao Whatsapp, a Zoom ou outra plataforma para realizar vídeoconsultas, sendo que é necessário, destaca a mesma, que a actividade obedeça às regras de sigilo, ética, privacidade de dados e segurança informática. “Ninguém gosta de saber que os seus dados clínicos circulam de forma livre na Internet ou, como tem sido noticiado por todo o mundo, que uma consulta pode estar a ser observada por um pirata informático capaz de gravá-la e disponibilizar posteriormente num site aos olhos de qualquer um. Portanto, investimos para que isso não ocorra com os nossos pacientes”, assegura a responsável da companhia.

Embora a plataforma tenha sido desenvolvida para apoiar o Governo face à necessidade de despistes rápidos da pandemia Covid-19, o projecto poderá, nos próximos meses, com base nalguma remuneração, estar também à disposição das clínicas e outros estabelecimentos de saúde para a realização de diferentes consultas e assistências médicas. Renata Barbosa tem o mercado segurador como o principal consumidor de seu produto, e estima recuperar o montante investido entre Novembro e Dezembro do próximo ano.

X