Anúncio de subscrição
Mais de 70 funcionarios sem trabalho

Sogester impede empresa contratada de aceder às instalações do Porto do Namibe

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS. Entidade que trabalha no terminal de cargas no Porto desde 2013 foi afastada, sem aviso prévio e sem justificação. Mais de 70 trabalhadores ficaram surpreendidos e sentem-se de ‘mãos atadas’.

 

Sogester impede empresa contratada de aceder às instalações do Porto do Namibe

Mais de 70 trabalhadores da empresa de transportes Welwitschia Estiva estão proibidos de entrar nas instalações do porto do Namibe para prestar serviços.

A Welwitschia Estiva presta serviços de carga e descarga no Porto do Namibe desde 2013 e tem um contrato com a Sogester desde 2015.

Para ler o artigo completo, subscreva o Valor Económico, por transferência, para A006 0051 0000 7172 9933 1532 1 e envie o comprovativo para assinaturas@gem.co.ao ou ligue para 00244 941 784 791 e 00244 941 784 792.