Para fins comercias

BNA coloca 2500 TPA à disposição de micro empreendedores

11 Mar. 2021 Mercado & Finanças

O Banco Nacional de Angola vai subsidiar a compra de 2,5 mil Terminais de Pagamentos Automáticos (TPA), investindo 300 milhões de Kwanzas, para micro empresas ou empreendedores em nome individual titulares de contas bancárias simplificadas para fins comerciais.

BNA coloca 2500 TPA à disposição de micro empreendedores

Para a efectivação deste programa, o BNA rubricou, com nove bancos, um acordo, esta quarta-feira, de adesão relativo ao Programa de Massificação de Terminais de Pagamento Automático (TPA), associado ao Regime de Contas Simplificadas.

Em nota publicada no seu portal, o BNA informa que o acordo enquadra-se no “âmbito do fomento da política de inclusão financeira, visando expandir e melhorar o acesso da população aos produtos e serviços financeiros, em especial, das pessoas de baixa renda e dos micros empreendedores, vendedores de mercados”.

Subscreveram o acordo os bancos Sol, Valor, Prestígio, Caixa Geral Angola, Yetu, Finibanco, Keve, Standard Bank Angola e Banco Comercial Angolano, que nos termos do acordo, comprometeram-se “em criar todos os procedimentos de controlo interno, capacitar os seus recursos humanos e montar a infraestrutura técnica de suporte, com vista a assegurar a operacionalização do Programa Massificação de TPAs, prestando o produto em condições apropriadas de qualidade e eficiência, ajustadas ao segmento de mercado que se pretende atingir.”

A iniciativa do BNA surge num momento em que empreendedores angolanos reclamam da burocracia, custos elevados tanto na compra como no aluguer dos TPA, além de taxas mensais e comissões por cada transacção (Ler edição Nº249 do jornal Valor Económico).

 

X