Processo que envolve empresário São Vicente

PGR distribuiu imóveis da AAA a entidades públicas

15 Apr. 2021 Empresas & Negócios

Pelo menos três edifícios apreendidos pela Procuradoria-Geral da República, no processo que envolve o antigo patrão do Grupo AAA Seguros, Carlos de São Vicente, passaram para a jurisdição do Ministério da Saúde. 

PGR distribuiu imóveis da AAA a entidades públicas

Trata-se do conjunto de imóveis ‘Maboque’, localizado na avenida 21 de Janeiro, em Luanda, entregue aos institutos de Oftalmologia, Nacional de Sangue e de Emergências Médicas.

A PGR afectou também o edifício sede da AAA, na  Avenida Dr. Agostinho Neto, ao Ministério da Justiça e Direitos Humanos, que vai ser usadas pela Direcção Nacional de Identificação, Registos e Notariado e serviços externos e ao Guiché Único das Empresas.

O Centro de Sinistros da seguradora, também localizado na 21 de Janeiro, passou para o Arquivo Nacional e serviços externos da Direcção Nacional de Identificação, Registos e Notariado.

A Direcção Nacional de Recuperação de Activos informa ainda que a afectação do edifício sede da AAA não deverá perturbar o normal funcionamento da Fundação Agostinho Neto que funciona no 1º andar.

 

 

 

X