49% que o Estado detém

Activo do Standard Bank avança para privatização

09 Mar. 2021 Mercado & Finanças

Uma parte ainda por definir dos 49% que o Estado detém na estrutura accionista do Standard Bank Angola vai avançar, num curto prazo, para a privatização por via da Bolsa de Valores, segundo esclarece em nota o Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE).

Activo do Standard Bank avança para privatização

“A estratégia prevê, ainda, a possibilidade, resultante do processo de privatização, de o Estado reservar para si uma participação minoritária, sem que haja qualquer influência no modelo de governação, concorrendo para a rentabilidade da carteira da futura Sociedade Gestora de Participações Sociais (SGPS), forma que o IGAPE poderá vir a assumir no futuro”, lê-se.
O esclarecimento do IGAPE decorre de uma recente indicação do presidente do Conselho de Administração desta instituição para assumir a posição de administrador não-Executivo no Standard Bank Angola, uma vez arrestada a favor do Estado a participação da AAA Activos Lda.

Conforme esclarece, embora se aguarde a conclusão do processo judicial, o IGAPE, com a coordenação do Ministério das Finanças, já definiu a estratégia de gestão das participações sociais de que é fiel depositário, assente na garantia da regularidade do funcionamento da instituição financeira, no quadro do exercício dos poderes dos administradores não-Executivos, que não intervêm na gestão executiva do banco, mas devem fazer o acompanhamento, nos termos da Lei das Sociedades Comerciais. Também, assegurar que se proceda à privatização destas participações por via da Bolsa de Valores, tão logo esteja concluído o processo judicial é outra directiva já assumida.

 

X