Girabola Zap
Banco BAI
Para iniciar serviço em 2021

Africell quer investir “centenas de milhões de dólares” em Angola

20 Jul. 2020 Empresas & Negócios

A operadora Africell pretende investir "centenas de milhões de dólares" em Angola, onde venceu o concurso público para se tornar na quarta operadora de telecomunicações, e começar o serviço em meados de 2021, adiantou o director de investimentos, Ian Paterson.  

Africell quer investir “centenas de milhões de dólares” em Angola

“Estamos a prever fazer uma entrada muito relevante no mercado, vamos investir centenas de milhões de dólares em Angola. Estamos em discussões avançadas com vários dos nossos parceiros de financiamento para estruturá-lo adequadamente”, adiantou à agência Lusa em Londres o Chief Investment Officer (CIO) da Africell.

A empresa, criada no Líbano mas actualmente dirigida a partir da capital britânica, angariou nos últimos cinco anos 370 milhões de dólares de entidades como a agência de investimento norte-americana US International Development Finance Corporation (USIDFC), antes denominada Overseas Private Investment Corporation (OPIC), dos fundos Gemcorp e Helios Investment Partners e da International Financial Corporation, que faz parte do Banco Mundial.

A dimensão do investimento planeado pela operadora pan-africana reflecte a convicção no potencial do mercado angolano, o qual explodiu durante os anos de crescimento económico. 

De acordo com o Instituto Angolano das Comunicações (Inacom), no ano passado o número de subscritores de serviços de telemóvel recuperou pela primeira vez em cinco anos, aumentando 12% relativamente a 2018, para 14,8 milhões, enquanto que a taxa de penetração passou de 45% para 49%.

A Africell prevê criar 6.000 postos de trabalho directos e indirectos nos próximos três a cinco anos, aproveitando ou formando recursos humanos locais, com o recrutamento a começar em breve. 

 

 

 

X