Anúncio de subscrição
Mais de 100 aparelhos inoperantes 

ANAC, SGA e Ministério “fogem” da responsabilidade das aeronaves arrestadas

NAVEGAÇÃO. Aviões arrestados continuam no aeroporto, mas em local remoto, afastado das pistas. Decisão sobre o arresto e o que será feito depois continuam um mistério.

 

ANAC, SGA e Ministério “fogem” da responsabilidade das aeronaves arrestadas

Sociedade Gestora de Aeroportos (SGA), a Autoridade Nacional da Aviação Civil (ANAC) e o Ministério dos Transportes não sabem que destino será dado às 109 aeronaves que se encontravam estacionadas no principal aeroporto de Luanda.

Contactadas pelo Valor Económico, as três entidades foram ‘passando a bola’ umas às outras. O Ministério dos Transportes remeteu “quaisquer questões” sobre o destino final das aeronaves à SGA. Esta, por sua vez, indicou a ANAC como a entidade competente para dar respostas. E a ANAC, por fim, atirou a responsabilidade para a SGA.

Para ler o artigo completo, subscreva o Valor Económico, por transferência, para A006 0051 0000 7172 9933 1532 1 e envie o comprovativo para assinaturas@gem.co.ao ou ligue para 00244 941 784 791 e 00244 941 784 792.