Girabola Zap
Banco BAI
Com empresa encarregue de transportar material da China

Angola rescinde contrato por uso indevido de voos

13 May. 2020 Economia / Política

O Governo orientou, esta terça-feira, a rescisão imediata do contrato com a empresa encarregue de transportar material de biossegurança da China para Angola.

Angola rescinde contrato por uso indevido de voos

De acordo com a Comissão Multissectorial para a Prevenção e Combate à Covid-19, está em causa a utilização, "por entidades privadas alheias ao contrato, de parte da capacidade das aeronaves fretadas por Angola, para trazer os meios".

Num comunicado de imprensa, a comissão adianta que, além da rescisão do contrato, será instaurado um processo de investigação para apurar responsabilidades do sucedido.

O primeiro lote de equipamentos médicos adquiridos na China chegou ao país na última segunda-feira, para ajudar a combater a pandemia, que já infectou 45 pessoas em solo angolano.

De acordo com a Comissão Multisectorial, a carga referente aos meios médicos e de biossegurança será revertida a favor do Estado.

A propósito, o Governo orientou igualmente que a TAAG assuma a operação de transporte dos meios que ainda se encontram na China.

 

X