Dados referentes a 2020

Apoios da segurança social ultrapassaram os 16 milhões USD

02 Mar. 2021 Sem Autor Mundo

O Instituto Nacional de Previdência Social (INPS), que gere as pensões e contribuições sociais em Cabo Verde, apoiou 26.572 pessoas em 2020, com medidas de mitigação à crise provocada pela pandemia de covid-19, que custaram 14,1 milhões de euros.

Apoios da segurança social ultrapassaram os 16 milhões USD

A informação consta de um relatório do INPS sobre as prestações atribuídas para a mitigação da pandemia de covid-19, de 01 de Abril a 31 de Dezembro de 2020, apontando que 68,5% dos beneficiados foram trabalhadores colocados no regime de ‘lay-off’.

Assim, o balanço da instituição contabiliza 26.572 beneficiários de apoios sociais atribuídos neste âmbito, 18.195 dos quais referentes a processos de suspensão do contrato de trabalho devido à pandemia, com um custo para o INPS, de Abril a Dezembro, de quase 1.389 milhões de escudos (15,1 milhões de dólares).

O INPS apoiou ainda com praticamente 110 milhões de escudos (quase um milhão de dólares) com subsídio de desemprego a 1.947 trabalhadores e com a atribuição do Rendimento Solidário, num montante global de 42,1 milhões de escudos (458 mil dólares), a 4.218 pessoas.

Globalmente, os apoios sociais pagos pelo INPS de 01 de Abril a 31 de Dezembro, para mitigar as consequências da pandemia de covid-19, ascenderam a 1.567.943.975 escudos (17 milhões de dólares).

X