Abandonadas na baía de Luanda

Autoridades advertem proprietários para remoção de embarcações

05 Nov. 2020 Economia / Política

A Capitania do Porto de Luanda avisou os armadores e proprietários de embarcações abandonadas, inoperantes, semi-submersas e afundadas que terão de remover as mesmas em 30 dias, por porem em perigo a navegação na baía de Luanda.

Autoridades advertem proprietários para remoção de embarcações

Em nota divulgada nesta quarta-feira, a Capitania do Porto de Luanda afirma que as referidas embarcações constituem igualmente fonte de poluição, admitindo tomar todas as providências cautelares para a sua remoção, caso os proprietários não o façam no período estabelecido.

“Findo o período determinado, serão considerados como abandonados, cabendo a esta Capitania tomar todas as providências cautelares para a sua remoção e não se responsabilizará por quaisquer consequências que advirem”, lê-se no aviso assinado pelo capitão do Porto de Luanda, Baptista Vunge André.

A orientação do Ministério dos Transportes determina que a recolha deve ser feita mediante meios mecânicos, cujo manuseamento deve prevenir desperdícios, danos materiais e ambientais, devendo o transporte dos resíduos ser realizado por via marítima ou terrestre, com meios apropriados.

X