Girabola Zap
Banco BAI
Inauguração está prevista para o 1.º trimestre deste ano

Banco digital vai custar 12 milhões USD

22 Jan. 2020 Mercado & Finanças

O primeiro banco digital angolano, denominado DUbank Angola, com um investimento inicial avaliado em 12 milhões de dólares, poderá ser inaugurado no primeiro trimestre deste ano, revelou o director executivo, Sérgio Hirose.

Banco digital vai custar 12 milhões USD

Segundo Sérgio Hirose, os requisitos legais, exigidos pelo Banco Nacional de Angola (BNA), desde o capital social, estrutura, balanço, transparência, entre outros para abertura de um banco convencional, já foram cumpridos, aguardando-se apenas o aval do órgão regulador bancário.

O empresário explicou que o investimento está a ser feito desde Abril de 2019, com a instalação de plataforma, sistemas tecnológicos e aguarda-se apenas a licença do BNA.

O DUbank Angola, segundo o gestor, vai ter um serviço de apoio ao cliente e, o facto de ser digital, este serviço poderá chegar em toda parte de Angola, onde tenha internet, e a partir de 2G pode ser feita a transacção bancária.

Instalado desde Dezembro, o site do DUbank Angola já registou mais de cinco mil pedidos de pré-cadastros para a abertura de conta.

A iniciativa prevê criar 100 postos de trabalho directos, dos mais de 300 candidatos já inscritos, e a aposta vai ser na capacitação de técnicos nacionais.

Apesar de Angola ainda não ter regulamentação que rege os bancos digitais, o DUkank Angola vai garantir “segurança e transparência”, assegura Sérgio Hirose.

O banco vai funcionar através de ‘smartphones’, mediante uma conta, terá um cartão multicaixa, cuja gestão das transferências estará a cargo da Empresa Interbancária de Serviços (EMIS).

Dentre os vários serviços, o banco digital terá o segmento de salário, guia de pagamentos, pagamentos de imposto, seguros, transferências, entre outros prestados pelos bancos convencionais.