Girabola Zap
Banco BAI
Em workshop realizado em Luanda

Belas Shopping incentiva jovens a não ‘matarem’ ideias de negócios

EMPREENDEDORISMO. Conectar empresários e empreendedores que actuam em diferentes segmentos e criar sinergias entre os novos profissionais foram os objectivos que reuniram vários jovens no workshop denominado ‘Sunset Talentos’, em Luanda.

Belas Shopping incentiva jovens a não ‘matarem’ ideias de negócios

Com o objectivo de incentivar os jovens a colocarem em pratica as ideias de negócio, o Belas Shopping, em parceria com a Gestão Profissional, realizou, na semana passada, o ‘Sunset Talentos’, iniciativa que juntou diversos jovens, em Luanda.

‘Desafios e oportunidades na criação de uma marca angolana’ e ‘Como tornar-se indispensável’ foram dois temas apresentados por dois jovens oradores Song Livramento e José Diakanamwa, especialistas nas áreas de recursos humanos e gestão de talentos, respectivamente. Pessoas como Bill Gates, Jack Ma e o malogrado Steve Jobs foram os nomes mais citados pelos participantes.

Song Livramento, na sua apresentação, contou que o empreendedorismo está muito relacionado com a questão de inovação, em que há determinado objectivo de se criar algo dentro de um sector ou produzir algo novo. A empreendedora contou a sua experiência e os caminhos que a levaram, em 2010, a criar a Gourmandise Chocolate, que produz chocolate artesanal ainda em pequena escala.

A também especialista em Recursos Humanos convidou os presentes a não deixarem as ideias de negócio morrerem e aconselhou os jovens a procurarem apoios , material e financeiro, para empreender na área que dominam. Para Song Livramento, a crise financeira não pode ser encarada como barreira ou “desculpa”, mas antes “como oportunidade”.

Para a fundadora da Gourmandise Chocolate, as dificuldades sempre existirão, exemplificando que, no seu caso, não teve de recorrer a crédito bancário para começar o negócio, tendo contado apenas com as suas poupanças do salário. Depois de ter gasto 460 mil kwanzas, em 2015, para legalizar a empresa,  no ano passado, abriu o primeiro centro de produção de chocolate, onde emprega três funcionárias. “É preciso força de vontade”, testemunha. Como contou aos presentes, pensou várias vezes desistir do negócio, mas o apoio do marido e dos familiares foi determinante para o sucesso da empresa e do chocolate que considera “o melhor e único 100% angolano”.

José Diakanamwa, que reflectiu sobre ‘Como tornar-se indispensável’, aconselhou os presentes a não seguirem este caminho, alegando ser “perigoso e prejudicial” para o crescimento da empresa. Para o especialista em gestão de talentos, os jovens que estão a começar um negócio, para evoluírem, devem trabalhar em equipas “e nunca monopolizando o trabalho”.

Já Irmala de Sousa, directora de marketing do Belas Shopping, garante que esta é uma das muitas acções viradas para o público jovem que o centro comercial pretende trazer durante este ano. Temas  sobre ‘Como elaborar e actualizar o curriculum vitae e ‘Como tirar maior proveito de formações online’ também serão abordados.