Para transferência de pacientes na UE

Bruxelas disponibiliza 220 milhões de euros

30 Oct. 2020 Mundo

A Comissão Europeia anunciou hoje que vai disponibilizar 220 milhões de euros para transferência de pacientes com covid-19 para outros países da União Europeia (UE), visando evitar a ruptura nos sistemas de saúde nacionais, nomeadamente nos cuidados intensivos.

Bruxelas disponibiliza 220 milhões de euros

“Vamos disponibilizar 220 milhões de euros para financiar o transporte transfronteiriço seguro de pacientes nos casos em que isso for necessário”, declarou a presidente do executivo comunitário, Ursula von der Leyen.

Falando numa conferência de imprensa conjunta em Bruxelas com o presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, após uma reunião entre os chefes de Estado e de governo da UE sobre a covid-19, a responsável vincou que, para realizar essa transferência de doentes e o dinheiro em causa ser “bem utilizado, é preciso haver troca de informação” entre os países.

“Quanto mais os Estados-membros partilharem informação [uns com os outros], melhor poderemos coordenar a resposta. […] Por exemplo, se tivermos melhor partilha de dados sobre a capacidade dos cuidados intensivos, e onde existe menos capacidade, podemos permitir o transporte de pacientes e isso pode ser organizado atempadamente”, precisou Ursula von der Leyen.

X