Girabola Zap
Banco BAI
Empresa estima uma facturação de 700 milhões de dólares

Catoca prevê reduzir contribuição fiscal este ano

11 Dec. 2019 Empresas & Negócios

A Sociedade Mineira de Catoca prevê fechar o ano em baixa, contribuindo, até ao final do presente exercício económico, com cerca de 90 milhões de dólares ao cofre do Estado, cifra abaixo dos 217 milhões de dólares atingidos em 2018.

Catoca prevê reduzir contribuição fiscal este ano

A empresa mineira prognostica uma facturação, no final deste ano, estimada em 700 milhões de dólares, um valor inferior ao arrecadado em 2018, cujo montante não vem especificado no comunicado da diamantífera a que Angop teve acesso esta quarta-feira.

Segundo o documento, saído do II Conselho Alargado de Direcção dessa sociedade, a redução na facturação prevista para este ano foi influenciada pela quebra do preço do diamante no mercado internacional, na ordem dos 26%, percentual que permanece desde Outubro do ano passado.

“A reunião do dia cinco deste mês, em Saurimo, constitui oportunidade para se analisar a vida interna da empresa, bem como o seu posicionamento no mercado internacional, com vista a sua preparação para os desafios do sector mineiro a nível mundial”, lê-se na nota.

O documento acrescenta que fruto da “gestão diligente, os números alcançados ultrapassam as previsões iniciais. Isso, porque a queda do preço do diamante foi compensada pelo aumento da produção”.

“Além do aumento da produção, obteve-se uma redução considerável dos custos de produção, contrariando a lei natural do sector, segundo a qual quanto maior a profundidade da mina, maiores sãos os custos de produção”, refere o informe da instituição.

Localizada na Lunda-Sul, a Sociedade Mineira de Catoca é a quarta maior mina do mundo, explorada a céu aberto, responsável por mais de 75% da produção de diamantes do país.