Girabola Zap
Banco BAI
OBRA ESTARÁ PRONTA EM TRÊS ANOS

Chineses financiam reabilitação da barragem do Dundo

14 Oct. 2016 Sem Autor País

Um banco chinês financiou a obra de reabilitação e reforço de potência no aproveitamento hidroeléctrico no rio Luachimo, construída no tempo colonial, na província da Lunda Norte. A barragem vai permitir fornecer electricidade a 186.371 famílias.

O ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges, anunciou, em visita à província na quinta-feira, que consignou a empreitada, avaliada em 210 milhões de dólares, à empresa China Gezhouba Group Company (CGGC).

A barragem, construída em 1958, para servir sobretudo o sector mineiro, permitirá fornecer electricidade, dentro de três anos, à cidade do Dundo e a localidades vizinhas.

O plano do Governo para o sector eléctrico daquela província diamantífera no Leste do país compreendia, numa primeira fase, a reabilitação e o reforço da produção de energia em Luachimo, de oito para 36 megawatts, bem como a recuperação de nove antigas subestações eléctricas do tempo colonial, paralisadas há 30 anos.

Uma empresa portuguesa, COBA, foi contratada em Agosto de 2014 para elaborar o projecto de execução, assistência técnica especial, aprovação de projectos dos equipamentos electromecânicos e eléctricos da barragem.

Envolve, além da reabilitação e reforço de potência, a construção de uma segunda central, sendo justificada pelo Governo angolano face às "projeções de crescimento da procura de energia elétrica" no país, a médio e a longo prazo, e em função disso pela "necessidade de aumento acentuado da capacidade de produção".

A obra tem uma duração prevista de 37 meses, e a também portuguesa Efacec foi contratada em 2014, por 83 milhões de dólares, pela NIARA POWER, enquanto subcontratada da companhia chinesa CGGC, responsável pela empreitada, para fornecer equipamentos geradores.

De forma global, a reabilitação dos equipamentos da barragem já existente e a construção de uma nova central hidroeléctrica, será equipada com quatro novos grupos geradores de nove megawatts cada um.

X