APP VE
Em 2018, a empresa investiu mais de 150 milhões de kwanzas

Emadel investe mais de 100 milhões de kwanzas na primeira loja

MOBILIÁRIO. Empresa de mobília prepara consolidação no mercado de Luanda. Loja deverá abrir durante a próxima semana. Em 2018 investiu mais de 150 milhões de kwanzas e facturou mais de dois mil milhões.

Emadel investe mais de 100 milhões de kwanzas na primeira loja

A empresa nacional especializada em carpintarias, mobiliário e decoração de interiores, Emadel, prevê abrir na próxima semana a sua primeira loja em Luanda, na qual investiu cerca de 101 milhões de kwanzas, revelou o director comercial Vítor Cunha.

A empresa que participou da FIMMA, expondo os seus produtos de decoração de lares, pretende com a abertura da loja afirmar-se no mercado e conquistar o público luandense. “A maior parte das nossas encomendas é na Zona Sul, já trabalhamos aqui para Luanda para quem nos conhece, mas só agora é que nós temos estrutura para nos implementarmos neste mercado”. O gestor acrescentou que a aposta da empresa surge em função das solicitações do mercado.

Segundo Vítor Cunha, em 2018, a empresa investiu mais de 150 milhões de kwanzas no seu projecto de expansão em Luanda. E, apesar de ter sido “um ano difícil”, fechou com uma facturação de cerca de oito milhões de dólares, aproximadamente 600 mil dólares a mais em relação a 2017.

A empresa pretende, este ano, com a abertura da loja e eventual abertura de uma unidade fabril, subir a facturação em cerca de 10 a 15%. “Para este ano, no fundo, pretendemos rentabilizar o investimento que organizámos e o facto de ter a loja aqui [em Luanda] também consegue mostrar às empresas de Luanda aquilo que nós conseguimos fazer”.

A Emadel está sediada na cidade do Lubango e existe desde 1992. Conta com 145 funcionários, 120 dos quais nacionais, e é uma das ramificações do grupo Omatapalo, criada com o objectivo de cobrir a cadeia de valor da construção civil.