Girabola Zap
Banco BAI
Liu Zhijun teria recebido 8,2 milhões de euros em propinas

Ex-ministro chinês condenado à morte por corrupção

04 Mar. 2020 Mundo

O ex-ministro chinês das Ferrovias Liu Zhijun foi condenado à morte por corrupção, com pena suspensa por dois anos, informou esta semana a agência oficial de notícias Xinhua.

Ex-ministro chinês condenado à morte por corrupção

Essas sentenças são geralmente comutadas para prisão perpétua, se o prisioneiro mostrar bom comportamento. Liu é o mais alto nível oficial julgado e considerado culpado de corrupção desde que Xi Jinping tornou-se chefe de Estado, em Março.

O tribunal de Pequim que emitiu a pena diz que os crimes de Liu têm a ver com “uma quantia de dinheiro, especialmente enorme”, “ter causado perda colossal de bens públicos” e “violou os direitos e os interesses do Estado e do povo “.

Considerado o ‘pai’ do sistema de trens de alta velocidade na China, Liu foi considerado culpado de usar a sua posição para ajudar 11 conhecidos a conseguir contratos e promoções, e de aceitar 64,6 milhões de yuans (8,2 milhões de euros) em subornos entre 1986 e 2011. O tribunal também o condenou há 10 anos de prisão por abuso de poder e confiscou todos os seus bens.

A lei chinesa prevê a aplicação da pena de morte por aceitar subornos em mais de 100.000 yuan (12.680 euros).