Girabola Zap
Banco BAI
São Tomé e Príncipe

Governo prevê programa de 65 milhões euros para pós-covid-19

06 Apr. 2020 Mundo

O governo são-tomense discute esta semana com os parceiros um programa avaliado em cerca de 65 milhões de euros para fazer face aos efeitos após a pandemia de covid-19, anunciou o primeiro-ministro Jorge Bom Jesus.

Governo prevê programa de 65 milhões euros para pós-covid-19

“Os parceiros estão à espera deste programa para verem em que medida poderão ajudar-nos a financiá-lo. Há uma grande teia de solidariedade internacional, as instituições financeiras, e não só, estão mais sensíveis”, disse aos jornalistas o chefe do executivo de São Tomé e Príncipe.

O documento, elaborado por uma equipa multissetorial e que a Lusa teve acesso, aponta como prioritárias as áreas do turismo, hotelaria, restauração, emprego e agricultura.

O executivo pretende igualmente incentivar o empreendedorismo e outras iniciativas privadas e de carácter social que dinamizam a economia.

São Tomé e Príncipe é o único país lusófono – e um dos poucos em África – que não tem qualquer caso registado de infecção por covid-19.

As medidas de restrições impostas por vários países, incluindo São Tomé e Príncipe para combater a pandemia causada pelo novo coronavírus, levaram ao encerramento no arquipélago de todos os hotéis, residenciais, pensões e alguns serviços de restauração.

“Temos, neste momento, muitas propostas de doação de parceiros bilaterais e multilaterais, temos que preparar o antes do coronavírus, que é o processo preventivo em que nos encontramos, e temos que preparar-nos para o pior, esperando a doença, eventualmente”, disse Bom Jesus.