Girabola Zap
Banco BAI
O aviso é do próprio banco

Hackers atacam clientes do BFA

Hackers atacam clientes do BFA

Alguns clientes do Banco de Fomento Angola (BFA) estão a ser alvo de ataques de phishing, através de falsos emails, visando a obtenção dos seus dados pessoais e financeiros.

O alerta é da própria entidade bancária, num comunicado publicado no seu sítio de internet, que dá conta que, nas últimas semanas, “múltiplos utilizadores” receberam SMS e emails a alertar sobre um erro na conta, e a solicitar que o cliente revisse, indicando alguns pormenores pessoais, como o nome, número de telefone e as coordenadas do BFA Net.

Sem enumerar a quantidade de clientes que terão sido alvo dessa prática, e em quantos casos os piratas informáticos terão sido bem-sucedidos, o banco orienta os clientes a “não abrirem e a apagarem de imediato” todo e qualquer link ou anexo em nome do BFA, que lhes solicite o código ou outros dados pessoais, relativos às suas contas bancárias.“É muito importante que todos os clientes estejam atentos. (...). O BFA nunca envia e-mails ou SMS a solicitar informações pessoais ou actualização de dados”, adverte o banco.

Na mensagem enviada às suas vítimas, em nome do BFA, os hackers declaram que o extracto de conta mensal está pronto, apelando o cliente a reclamar pelo prémio, sendo que, de seguida, passa instruções de manutenção da conta, além de enviar ao alvo uma alegada notificação de transacção de débito do BFA-net. Ao seguir todos esses espaços, o cliente cede dados pessoais, que são utilizados para acesso às suas contas.

Visando dotar os clientes de conhecimento sobre como identificar e posteriormente denunciar suspeitos ataques, o banco sublinha que os promotores de ‘phishing’ identificados, nas mensagens não se dirigem ao destinatário pelo nome, utilizam apenas expressões como: “caro cliente” ou “prezado cliente”, não utilizadas pelo banco.