De acordo com o Tribunal Supremo das Ilhas Virgens Britânicas

Isabel dos Santos perde controlo de participação accionista da Unitel e direito a dividendos

08 Dec. 2020 Empresas & Negócios

O Tribunal Supremo das Ilhas Virgens Britânicas terá decidido, na sequência de uma acção judicial, constituir administradores judiciais para a gestão de activos específicos da Vidatel, através da qual a empresária detinha a participação na Unitel.

Isabel dos Santos perde controlo de participação accionista da Unitel e direito a dividendos

A empresária angolana Isabel dos Santos, que detinha 25% da operadora de telecomunicações Unitel, através da Vidatel, perdeu o controlo desta empresa, segundo uma decisão do Tribunal Supremo das Ilhas Virgens Britânicas tornada pública pela PT Venture.

De acordo com um comunicado da PT Ventures, o tribunal decidiu, em despacho datado de 19 de Novembro, na sequência de uma acção judicial, constituir administradores judiciais para a gestão de ativos específicos da Vidatel, Limited, empresa de Isabel dos Santos registada nas Ilhas Virgens, passando para a gestão destes todas as contas bancárias detidas e/ou controladas pela Vidatel.

Os administradores passam também a controlar a participação de 25%, incluindo os direitos inerentes a essa participação, nomeadamente direitos de voto e de representação da Vidatel nas assembleias gerais de accionistas da Unitel e o direito da Vidatel a receber dividendos passados e futuros (incluindo juros sobre os mesmos) da Unitel.

X