Girabola Zap
Banco BAI
Covid-19 – Brasil

Jair Bolsonaro nomeia novo ministro da Saúde

17 Apr. 2020 Mundo

O presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, nomeou nesta quinta-feira, o oncologista Nelson Teich para ministro da Saúde, durante a pandemia no novo coronavírus, com ambos a concordarem que não haverá uma "definição brusca" sobre o isolamento social.

Jair Bolsonaro nomeia novo ministro da Saúde

Bolsonaro anunciou Teich como ministro ao mesmo tempo em que o antigo responsável pela tutela da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, dava uma conferência de imprensa para confirmar a sua exoneração e garantir que a sua equipa apoiaria o novo governante na luta contra a pandemia.

“O que eu conversei ao longo desse tempo com o oncologista doutor Nelson foi fazer com que ele entendesse a situação como um todo. Sem abandonar o principal interesse, a vida, mas sem esquecer que ao lado disso temos outros problemas, como o desemprego”, afirmou Bolsonaro, numa declaração no Palácio do Planalto, sede do Governo em Brasília.

O novo ministro garantiu que “existe um alinhamento completo” com o chefe de Estado e que não haverá “qualquer definição brusca, radical” sobre o isolamento social, e que o importante é que haja uma “informação cada vez maior sobre o que acontece com as pessoas, com cada acção que é tomada”.

O Brasil ultrapassou na quarta-feira a barreira dos três mil novos casos diários do novo coronavírus, registando o número recorde de 3.058 infectados e 204 mortos nas últimas 24 horas, informou o executivo.

País tem mais de 30 mil casos confirmados

O Brasil ultrapassou hoje, sexta-feira, a barreira das 30 mil pessoas diagnosticadas com o novo coronavírus, totalizando 30.425 casos confirmados e 1.924 óbitos desde o início da pandemia, informou o executivo.

Nas últimas 24 horas, o país sul-americano registou 188 mortes e 2.105 novos casos de infecção.

São Paulo continua a ser o estado brasileiro com maior número de casos confirmados, concentrando 853 mortos e 11.568 casos de infecção. Seguem-se o estados do Rio de Janeiro, que tem 3.944 casos confirmados da covid-19 e 300 óbitos, e o Ceará, que, apesar de ter o mesmo número de vítimas mortais registado no Amazonas (124), supera na quantidade de infectados, com 2.386.

A nível global, a pandemia da covid-19 já provocou mais de 141 mil mortos e infectou mais de 2,1 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 465 mil doentes foram considerados curados.