Girabola Zap
Banco BAI
Marcado para 30 deste mês

Júlia Ferraz apresenta ‘O Poder da Economia Informal’

20 Jan. 2020 Marcas & Estilos

OBRA CIENTÍFICA. Economista angolana Juliana Evangelista Ferraz lança, a 30 deste mês, o livro ‘O Poder da Economia Informal’, o livro apresenta soluções para acelerar o processo de formalização da económica no país.

Júlia Ferraz apresenta ‘O Poder da Economia Informal’

A autora Juliana Evangelista Ferraz apresenta a 30 deste mês, ‘O Poder da Economia Informal’, a ter lugar na Biblioteca Nacional, em Luanda, a partir das 18 horas.

A obra é um trabalho de investigação desenvolvido ao longo de cinco anos e destina-se a académicos, profissionais, estudantes e outros leitores interessados em aprofundar conhecimentos relacionados com questões fundamentais da economia informal.

No estudo, a economista apresenta também, como solução, a criação de um observatório sobre economia informal, redução significativa dos custos de constituição de empresa e da carga fiscal em empresas e micro-empresas, implementação de micro-seguros, entre outras medidas.

A também directora do gabinete de auditoria interna do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) explicou que a iniciativa visa avaliar a real extensão do problema da informalidade em Angola e o impacto a nível económico e social, assim como mostrar o real papel do fenómeno da economia informal.

Juliana Ferraz afirma que o tema informalidade é normalmente “incompreendido” pelos vários sectores da sociedade, porque envolve um conjunto de aspectos que vão desde as infracções às iniciativas empreendedoras.

De acordo com autora, o livro traz uma abordagem actual sobre a maneira como os poderes públicos devem lidar com a problemática do sector informal, de forma a calibrar a qualidade da decisão e reduzir significativamente a extensão do problema.

“Não basta formalizar. É necessário que se compreenda o fenómeno nas suas várias dimensões, que se acompanhe a sua evolução numa base regular, e que se usem as medidas adequadas em cada caso, em particular”, alertou.

Juliana Evangelista Ferraz é doutorada em economia, professora universitária, formadora da ENAPP colaboradora da ANGOP, do Jornal de Economia e Finanças das Edições Novembro e da revista Figuras e Negócios.

Tem experiência profissional nos sectores da banca e telecomunicações e, actualmente, é directora do gabinete de auditoria interna do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA).