Girabola Zap
Banco BAI
Depois de quase três meses paralisadas

Macon volta a fazer viagens interprovinciais

A transportadora terrestre Macon vai retomar os serviços interprovinciais a partir da próxima segunda-feira, de forma gradual, mas apenas em nove das 18 províncias.

Macon volta a fazer viagens interprovinciais

O serviço esteve paralisado por cerca de três meses devido ao estado de emergência. O director comercial da Macon, Armando Macedo, em declarações à TPA, garante que as condições de biossegurança “estão criadas” para a retoma dos serviços. Entre elas, constam os reservatórios adaptados para lavagem de mãos, termómetros para medição da temperatura e a desinfecção das salas de embarque.

 Apesar disso, o restabelecimento das ligações apenas abrange apenas metade das províncias, as do centro, sul e Cabinda. Para as restantes, o serviço vai regressar paulatinamente de acordo com a evolução da pandemia. Luanda e Kwanza-Norte vão estar limitadas por causa da cerca sanitária.

O serviço retoma com apenas 75% da capacidade do interior do autocarro, obedecendo às regras impostas com o estado de calamidade.  “Vamos evitar as enchentes nos terminais. Vamos dar abertura de se fazer a compra dos bilhetes antecipadamente”, prometeu Armando Macedo.

A partir de segunda-feira, além da ligação a Cabinda, ficam reestabelecidas as viagens entre Huambo-Menongue, Huambo-Cuito, Huambo-Lubango, Ondjiva-Mossâmedes.