No Bengo

Mais de 230 fazendas em estado de abandono

11 Jun. 2021 Economia / Política

Um total de 238 fazendas, num universo de 554 existentes no Bengo, encontram-se em estado de abandono, revelou a governadora do Bengo, Mara Quiosa, durante apresentação, ao Presidente da República, João Lourenço, o memorando sobre a situação política, social e económica local.

Mais de 230 fazendas em estado de abandono

Mara Quiosa disse recear que este número aumente ainda mais, tendo em conta a não conclusão do levantamento que está em curso. Porém, ressaltou estar a decorrer, neste momento, um processo que visa o aproveitamento útil e efectivo deste património.

O Governo do Bengo vai convocar os proprietários dessas fazendas para, junto do gabinete jurídico, regularizar a situação.

"As pessoas têm um prazo específico para dar tratamento a essas terras. Não se tendo efectivado, estamos a ver formas de criar mecanismos para que estes patrimónios se revertam a favor do Estado”, destacou.

Na ocasião, o ministro da Agricultura e Pescas, António Francisco de Assis, disse tratar-se de um problema que se verifica a nível do país e que precisa de ser corrigido. "São heranças pesadas do passado”, destacou.

 

X