Girabola Zap
Banco BAI
No valor de 17, 6 mil milhões de kwanzas

Mais de 400 empresas recebem crédito do BDA

16 Jun. 2020 Mercado & Finanças

Cerca de 440 empresas ligadas ao sector do Comércio e Distribuição foram seleccionadas através de uma linha de crédito do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), no valor de 17,6 mil milhões de kwanzas, no quadro do programa de alívio económico ou apoio financeiro, lançado pelo Governo com o objectivo de fomentar à produção nacional.

Mais de 400 empresas recebem crédito do BDA

Em entrevista ao Jornal de Angola, o chefe do Departamento para a Economia, órgão afecto ao Ministério da Economia e Planeamento, Jerónimo Pongolola, revelou que existe ainda 270 cooperativas agro-pecuárias (15 por cada província), cujos trabalhos de apuramento já está praticamente finalizado.

No quadro deste processo, o portal do ‘Alívio Económico’ recebeu 1.964 candidaturas de empresas de vários sectores instaladas nas 18 províncias, sendo que 710 empresas têm o processo aceite, as restantes aguardam pela selecção, com vista a beneficiar do apoio financeiro disponibilizado pelo Governo.

Neste momento, as cooperativas agro-pecuárias estão a receber visitas das empresas de consultorias que irão fazer o levantamento das necessidades e diagnóstico, cujos trabalhos poderão estar concluídos ainda esta semana.

"As empresas beneficiárias das linhas de financiamentos não vão receber dinheiro do BDA para comprarem a produção. O BDA ou Governo vai financiar a compra de produção", frisou.

Explicou que o programa de apoio financeiro irá pagar directamente ao pequeno produtor e depois a empresa beneficiária da linha de crédito terá a responsabilidade de devolver o dinheiro ao BDA. Com esta medida, o Governo quer que os beneficiários do segmento do comércio e distribuição, terão de disponibilizar a produção adquirida para o mercado interno, abastecendo as pequenas, médias ou grandes superfícies comerciais.