CNE
FEIRA DE LUANDA

Mais de 500 empresas marcam 36.ª edição

02 Dec. 2021 V E Empresas & Negócios
Mais de 500 empresas marcam 36.ª edição
D.R

Arrancou, esta terça-feira (30), a 36ª edição da Feira Internacional de Luanda (Filda), com 558 empresas expositoras, 500 das quais angolanas. 

A feira tem como tema central ‘A Tecnologia como Suporte ao Desenvolvimento do Agronegócio e da Indústria’ e decorre até 4 de Dezembro na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda – Bengo.

Para além de Angola, estão presentes, nesta edição, 17 países com 58 empresas. Portugal é a maior representação estrangeira com 17 empresas, seguido pela China com 11 e África do Sul, com seis. Brasil, Espanha, Itália e Alemanha contam com três empresas cada um, ao passo que Eritreia e Líbano têm dois representantes. Reino Unido, Japão, Argentina, Índia, Coreia do Sul, República Democrática do Congo, França e Turquia contam cada um apenas com uma empresa na Filda. 

O evento, promovido pelo Ministério da Economia e Planeamento e organizado pela empresa Eventos Arena, conta com stands do comércio e prestação de serviços, alimentação e bebidas, agronegócio, telecomunicações e tecnologias de informação e comunicação, indústria transformadora, banca, seguros, construção civil e obras públicas, máquinas e equipamentos, Oil & Gás, transportes e logística e serviços de saúde. 

Manuel Nunes Júnior, ministro de Estado e da Coordenação Económica, inaugurou a feira e considerou-a um espaço de dimensão internacional que “procura promover parcerias bem-sucedidas capazes de gerar conectividade na produção nacional e parcerias de classe mundial”.