Girabola Zap
Banco BAI
PARA "IMPULSIONAR" A ECONOMIA NACIONAL

Moxico reforça aposta na madeira

22 Jun. 2016 Sem Autor País

O director provincial do Instituto de Desenvolvimento Florestal (IDF), no Moxico, Isaac Victor, afirmou na terça-feira, no Luena, que a madeira “é um produto que pode impulsionar o processo de diversificação da economia nacional.

 

Em declarações à imprensa, o responsável sustentou que o sector madeireiro deve igualmente merecer atenção especial do Executivo, por ser um produto rentável e que pode contribuir para o crescimento da economia do país.

Revelou, por outro lado, que em 2015 foram licenciadas 12 empresas ligadas do sector em causa para explorar um volume de três mil metros cúbicos de áreas preparadas, com vista a ajudar na mitigação dos efeitos da crise no país.

Para este ano, referiu, na campanha iniciada em Abril último, o sector contabilizou 80 processos para exploração de madeira, dos quais 50 foram licenciadas para explorarem 10.500 metros quadrados de superfície, fruto da capacidade produtiva da província. 

Isaac Victor lembrou que os madeireiros locais exploram mais a espécie Mussivi, transportada e escoada em touro e incentivou os operadores locais a investir em outras espécies existentes na província.

Ao nível da província existem 15 fiscais, “insuficientes para responder à demanda” e necessita-se de 50 novos funcionários para assegurar o processo nos municípios do Moxico (sede), Léua, Luau, Alto-Zambeze, Bundas, Luchazes e Camanongue.

X