Em 2019

Passivo do sector bancário atinge 14,12 mil milhões AKZ

30 Oct. 2020 Mercado & Finanças

O passivo do sector bancário, em 2019, rondou os 14,12 mil milhões, um aumento de 3,04 mil milhões de kwanzas (27%) face a 2018.

Passivo do sector bancário atinge 14,12 mil milhões AKZ

De acordo com os dados publicados no inquérito sobre Capacidade e Inclusão Financeira promovido pelo Banco Mundial em parceria com o Banco Nacional e Angola (BNA), os números são influenciados,  principalmente, pelos depósitos a ordem dos 2,35 mil milhões de kwanzas (25%).

Os recursos de clientes e outros créditos continuam a ser a principal fonte de financiamento das instituições financeiras bancárias, com um peso de 83% no total do passivo, que  corresponde a 11,77 mil milhões de kwanzas, dos quais 53% representam depósitos a prazo.

Estes depósitos à prazo, de acordo com o documento, aumentaram  em 1,64 mil milhões de kwanzas (35%), superior ao aumento de 735,14 mil milhões de Kwanzas (16%) dos depósitos à ordem.  

No que se refere à actividade económica, o sector bancário registou níveis mais elevados de depósitos nas áreas de particulares  (30%), actividades imobiliárias, alugueres e serviços prestados a empresas (21,28%), comércio grossista e de retalho (12%) e outros serviços colectivos, sociais e pessoais (10%).

Até ao final de 2019, o crédito bruto emitido pelo sector bancário ascendeu  a 4,76 mil milhões de kwanzas, um acréscimo de 18 por cento face aos 4,16 mil milhões de kwanzas registados no ano anterior, resultante, essencialmente, do impacto da desvalorização da moeda nacional. 

X