CNE
Brent recua

Petróleo recua com preocupações relativas ao abrandamento económico

25 Jul. 2022 Mundo

Os preços do petróleo nos mercados internacionais arrancam a semana a desvalorizar, numa altura em que os analistas temem que um abrandamento económico tenha implicações na procura pelo “ouro negro”. Esta semana, a Fed deverá anunciar uma nova subida das taxas de juro, o que poderá ter consequências na procura.

Petróleo recua com preocupações relativas ao abrandamento económico

O brent, que serve de referência às exportações angolanas recua 0,70% para 102,48 dólares, enquanto o WTI, negociado em Nova Iorque, desvaloriza 0,82% para 93,91 dólares, após ter encerrado na sexta-feira passada com perdas pela terceira semana consecutiva, o maior ciclo de quedas desde o início da invasão russa à Ucrânia.

Esta semana espera-se que Reserva Federal norte-americana (Fed) volte a subir as taxas de juro, para combater a escalada da inflação, o que coloca uma pressão adicional sobre a procura de petróleo. “Embora os preços tenham sido voláteis, espera-se uma pressão de queda renovada sobre o petróleo”, aponta Vandana Hari, fundadora da Vanda Insight, citada pela Bloomberg, acrescentando que a reunião do banco central norte-americano “servirá provavelmente como um novo lembrete dos ventos económicos contrários”.

O petróleo tem registado grandes oscilações nas últimas semanas, reflectindo a complexa realidade que o mundo enfrenta actualmente com a guerra da Rússia na Ucrânia e a possibilidade de Moscovo cortar o fornecimento à Europa e com os receios de uma recessão, que terá implicações na procura.

                                                                                                                                Eco