Anúncio de subscrição
Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas

Portugal reforça intenção de contratar mais funcionários consulares e simplificar vistos

26 May. 2022 Economia / Política

O Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas reforçou hoje, em Luanda, que o Governo pretende aumentar o número de funcionários consulares e promover melhorias tecnológicas, para simplificar e melhorar os procedimentos na emissão de vistos. 

Portugal reforça intenção de contratar mais funcionários consulares e simplificar vistos

Paulo Cafofo falava à imprensa no final do encontro que manteve com o seu homólogo angolano, Domingos Vieira Lopes e disse que a sua deslocação a Angola tem como principal objectivo abordar com as autoridades angolanas o Acordo de Mobilidade, assinado no âmbito da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP).

O governante português vincou a necessidade de melhoria na operacionalização do referido acordo, “e que resulte desta melhoria uma simplificação e melhores procedimentos nos vistos”.

Paulo Cafôfo admitiu que “há alguns estrangulamentos, apesar das melhorias significativas”, frisando que no que comparativamente ao período homólogo de 2021 foram já realizados quase 9.000 vistos, “mais de 800% relativamente ao período transacto”.

“Isto é um sinal de que há melhorias, mas que queremos consubstanciá-las de forma clara e objectiva e temos soluções para isso, nomeadamente a questão do aumento dos nossos funcionários consulares, que será já uma realidade e que irá possibilitar um aumento significativo do número de vistos que mensalmente são processados nos nossos consulados”, indicou.

Segundo o secretário de Estado das Comunidades, a este aumento de funcionários consulares estará também associado o novo modelo de gestão consular, que vai implicar novas ferramentas tecnológicas e digitais de simplificação e melhor acessibilidade aos serviços prestados no consulado e nomeadamente na questão dos vistos.

                                                                                                                      Lusa