Girabola Zap
Banco BAI
DEPOIS DE TER GASTO 24,9 MILHÕES USD NA COMPRA

PR autoriza 559 milhões kz para a reabilitação das casas do Calumbo

O Presidente República autorizou, em despacho 79/20, uma despesa de cerca de 560 milhões de kwanzas para a reabilitação das 200 casas do Calumbo, cuja compra custou 24.976.189 de dólares ao Estado.

PR autoriza 559 milhões kz para a reabilitação das casas do Calumbo

Além desse valor, João Lourenço autorizou também o desbloqueamento de 33.906.766 de kwanzas, para a construção no terreno infra-estruturado da mesma circunscrição. De acordo com o diploma, ambas as obras servem para a edificação de um centro especializado para o tratamento de epidemias e pandemias, como a da covid-19.

Entretanto, a compra das 200 casas, ocorrida em Maio último, suscitou muitas críticas ao Governo. Em seus discursos de insatisfação face à medida, quer os partidos na oposição, quer observadores da sociedade civil, consideraram o negócio “escandaloso”, dado que as residências estariam avaliadas em oito milhões de kwanzas cada uma, o que teria custado aos cofres do Estado apenas 1,6 mil milhões de kwanzas, ao contrário dos pouco mais de 14,4 mil milhões de kwanzas gastos.

No momento, boa parte das residências está degrada e rodeada de capim e em aparente estado de abandono. Ao local acede-se através de uma única estrada com asfalto em degradação.

Entretanto, embora tenha sido imensamente criticado, sobretudo face ao valor financeiro investido, numa fase em que se apregoa o combate à corrupção e a outras más práticas de gestão da coisa pública, o Governo manteve o negócio e, em decreto, justificou a medida com a “insuficiência de infra-estruturas adequadas a nível nacional, para dar resposta a graves calamidades de saúde pública e pandemias”.