CNE
José Maria Neves

PR de Cabo Verde vê Angola exemplo da "África não submissa" e quer reforçar relações

08 Jan. 2022 Agência Lusa Mundo

O Presidente cabo-verdiano considerou hoje Angola como um exemplo da "África não submissa" desejado para o futuro do continente, apostando no reforço das relações bilaterais na visita de Estado que a partir de domingo realiza a Luanda.

PR de Cabo Verde vê Angola exemplo da "África não submissa" e quer reforçar relações

“Angola tem uma perspectiva destemida, é a África não submissa que nós queremos para o futuro e, portanto, esta visita tem um forte valor simbólico e sobretudo pelo facto de ser o primeiro país também que visitarei enquanto Presidente da República", destacou José Maria Neves, em declarações aos jornalistas na Praia.

O Presidente da República de Cabo Verde, José Maria Neves, realiza de 09 a 12 de Janeiro uma visita de Estado a Angola, a primeira deslocação do género ao exterior desde que assumiu funções.

"Angola desempenha um papel de 'player' na região da África austral, na África central e em todo o continente africano e na CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa) ", destacou José Maria Neves.

De acordo com uma nota anterior da Presidência da República cabo-verdiana, trata-se da "primeira visita de Estado" de José Maria Neves a um país terceiro e "vem efectivar o convite efectuado" pelo Presidente angolano, João Lourenço, um dos chefes de Estado presentes na tomada de posse do Presidente cabo-verdiano, em Novembro passado.

"Uma visita extremamente importante, é a primeira visita de Estado que faço ao exterior, a Angola, um país africano, mas também que preside à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa e vai ser um momento de reforço das relações de amizade e de cooperação entre Cabo Verde e Angola", destacou hoje José Maria Neves.

Do programa da visita consta um encontro de José Maria Neves com o Presidente da República, João Lourenço, na segunda-feira, 10 de Janeiro, no Palácio Presidencial, seguido de uma declaração conjunta à comunicação social.