APP VE
De 5 a 7 de Novembro

Primeira semana de cinema argentino

CINEMATOGRAFIA. Embaixada da Argentina em Angola organiza, de 5 a 7 deste mês, primeira semana do cinema argentino, a decorrer no Centro Cultural Brasil Angola, em Luanda, com três sessões diárias e entradas gratuitas.

Primeira semana de cinema argentino

Para esta primeirta semana, foram seleccionados seis filmes de “excelente qualidade”, como por exemplo, ‘El Exílio de Gardel’, ‘Sur’ ou ‘Hombre Mirando al Sudeste’.

Sinopse dos filmes 

- ‘Esperando La Carroza’ (1985): Mama Cora, uma mulher de quase 80 anos, tem três filhos e uma filha. Ela mora com um deles que está em sérios problemas económicos. Um dia, a família reúne-se para celebrar uma refeição de aniversário e é aí que surge o grande dilema: quem cuidará dela, levando-a para casa? A situação complica-se quando recebem a notícia de que a senhora se jogou nos trilhos do comboio. Com duração de uma hora e 34 minutos, o filme é do género comédia.

- ‘Hombre Mirando al Sudeste’ (1986): o Dr. Júlio Denis é psiquiatra e trabalha em neuropsiquiatria. Um dia, um jovem, Rantés, chega ao hospital afirmando ser de outro planeta. Ele trata-o como paranóico, mas Rantés, introduzindo-se na sua vida, faz duvidar se ele é realmente louco, o que, subtilmente, o força a repensar a vida e profissão. Este filme agrega os géneros drama, mistério e ficção científica e tem a duração de 1h49. 

- ‘Kamchatka’ (2002): os difíceis anos da última ditadura militar argentina são contemplados por Harry, um menino de dez anos que só quer brincar e fazer travessuras com o irmão mais novo. No entanto, em 1976, quando a família é perseguida pela ditadura, é forçada a esconder-se no campo e uma nova vida começa para ele, o que porá fim à sua infância. Drama é o género do filme. 

- ‘El Hijo de la Novia’ (2001): Rafael Belvedere é dono de um restaurante e é dominado pela rotina. A decisão de o pai se casar pela igreja com a mãe, junto com a aparição de um amigo de infância, fará com que ele repense a sua vida. Drama e comédia comandam as cenas de um filme que se desenrola durante 2h06.

- ‘Tangos, el Exílio de Gardel’ (1985): a última ditadura argentina obrigou milhares de argentinos a deixarem o país e a estabelecerem-se em diferentes cantos da Europa. Este filme segue a rotina diária de uma comunidade de argentinos exilados em Paris. Enquanto esperam poder voltar à Argentina, passam os dias e animam a espera com os tangos, que eram o exílio de Gardel e agora representam a única conexão dessas pessoas com a terra que os viu nascer. Um drama e musical com a duração de 2h00.

- ‘Sur’ (1988) Argentina, 1983, fim da ditadura militar. Floreal finalmente sai da prisão. Por cinco anos, a esposa esperou o seu retorno. Mas, durante todo esse tempo, o casal, como o país, mudou. No entanto, os dois desejam ardentemente recuperar a esperança e a liberdade.