Para instalar banda larga em escolas públicas

Ruanda prevê gastar cinco milhões de dólares

16 Jul. 2020 Mundo

O Ruanda planeia aumentar a cobertura da Internet das escolas secundárias públicas para 62 por cento este ano, com o objectivo de alcançar a conectividade universal da banda larga até 2024, num investimento de cinco milhões de dólares americanos, revelou uma fonte oficial nesta semana.

Ruanda prevê gastar cinco milhões de dólares

Das 1.459 escolas públicas secundárias, 724 já estão conectadas à Internet, das quais 678 estão por banda larga 4G, segundo o Ministério da Educação.

Os relatórios indicam que a taxa actual de cobertura da Internet das escolas secundárias públicas é de 52 por cento.

Este ano, está previsto aumentar esta taxa para 62 por cento. Até 2024, o governo, quer atingir uma taxa de 100 por cento, devendo investir cinco milhões de dólares norte-americanos.

O projecto, lançado em 2019, será instalado através da colaboração entre o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e a União Internacional de Telecomunicações (UIT), com o objectivo de fornecer conectividade a todas as escolas do mundo até 2030.

 

X