Girabola Zap
Banco BAI
Menos 17% que em 2018

Santander lucra 6,5 mil milhões em 2019

29 Jan. 2020 Mercado & Finanças

O Banco Santander em Espanha reportou um resultado líquido de 6.515 milhões de euros em 2019, o que traduz uma queda de 17% face ao ano anterior. Mas mantém o dividendo de 0,23 euros por acção, o que está dentro do intervalo de pay-out ratio de 40% a 50%.

Santander lucra 6,5 mil milhões em 2019

A queda dos lucros foi justificada pelo impacto pelos custos extraordinários com o banco no Reino Unido, onde foi forçado a separar a banca de retalho da banca de investimento por mudanças regulatórias. O que custou cerca de 1.500 milhões ao banco espanhol nas contas consolidadas. Este custo foi parcialmente compensado pelas receitas da custódia de títulos que somou 693 milhões. Pelo que o resultado recorrente do banco seria de 8.252 milhões sem aqueles efeitos não recorrentes. O que traduziria uma subida de 2%. O crescimento da base de clientes na América explica esse aumento dos lucros core.

As mais-valias de 693 milhões de euros vieram do Caceis, o banco de custodia de títulos e que gestão de ativos o Santander criou com o Credit Agricole. Sendo que o banco francês tem 69,5% e o espanhol 30,5%.

Mas o banco presidido por Ana Botín registou custos não recorrentes de 1.481 milhões de euros no Reino Unido e custos de reestruturação de 864 milhões de euros, relacionados sobretudo com a integração do Popular.

Os custos subiram 2% para 23.280 milhões e a margem líquida ascendeu a 26.214 milhões também a crescer 2%.