Anúncio de subscrição
Empresa de diamantes garante tratar-se apenas de uma recomendação

Sodiam acusada de obrigar cooperativas a trabalhar apenas com o BAI  

15 Jun. 2022 Mercado & Finanças

Minas. Empresa justifica a recomendação com a intenção de encurtar o tempo de pagamento com o argumento de que as transferências para o mesmo banco compensam, porque os valores ficam disponíveis no mesmo dia. Cooperativas manifestam preferência pelos bancos com os quais têm compromisso de financiamento

 

Sodiam acusada de obrigar cooperativas a trabalhar apenas com o BAI  

A lgumas cooperativas de exploração de diamantes acusam a Sodiam de estar a obrigá-las a abrir contas no Banco Angolano de Investimento (BAI), contra a sua vontade, para efectuar pagamentos resultantes da venda de diamantes.

No entanto, a empresa defende-se. A direcção explicou, ao Valor Económico, a medida com o argumento de que é “uma recomendação” e “não uma demora” e justifica com a “demora que se observa na transferência entre bancos diferentes”.

Para ler o artigo completo, subscreva o Valor Económico, por transferência, para A006 0051 0000 7172 9933 1532 1 e envie o comprovativo para assinaturas@gem.co.ao ou ligue para 00244 941 784 791 e 00244 941 784 792.