‘Kopelipa’ e ‘Dino’ ouvidos na PGR

Supermercados Kero e Biocom entregues ao Estado

Os antigos 'homens fortes' do antigo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, Helder Vieira Dias e Leopoldino Fragoso do Nascimento entregaram ao Estado a rede de supermercados Kero e a Companhia de Bionergia de Angola (Biocom), entre outros bens que estavam na posse deles.

Supermercados Kero e Biocom entregues ao Estado

Apesar da entrega voluntária, assumida pela Procuradoria Geral da República (PGR), os dois generais, conhecidos como 'Kopelipa' e 'Dino' não escapam de dos processos-crime.

Um comunicado da PGR, a que o VALOR teve acesso, dá conta de que, além dos supermercados Kero e da Biocom, os dois generais entregaram ainda a fábrica de Cimento (CIF Cement), as fábricas de montagem de automóveis (CIF SGS Automóveis) e de cervejas (CIF Lowenda Cervejas) e ainda a CIF Logistica, incluindo todos equipamentos, máquinas e móveis. 

Foram também entregues ao Estado a centralidade ‘Vida Pacifica’, composta por 24 edifícios, três creches, dois clubes náuticos, e quatro estaleiros, a centralidade do Kilamba KK 5800, com um total de 271 edificios e 837 vivendas em diferentes níveis de construção.

Foram ainda entregues, neste leque de bens, os edifícios CIF Luanda One e CIF Luanda Two, incluindo todos os equipamentos e móveis.  

A nota da PGR de avança também que todos os bens “passam a integrar de forma definitiva, a esfera patrimonial do Estado”, e ressalta que apesar destes bens passarem para a gestão do Estado “não obsta o prosseguimento do processo crime”.

Os dois generais foram ouvidos ontem e são suspeitos de corrupção. Em causa, o processo relacionado com contratos entre o Estado e a empresa China International Fund (CIF).

 

 

X