Anúncio de subscrição
Balanço dos 100 dias

TAAG deve 250 milhões de dólares a fornecedores internacionais

07 Feb. 2022 Empresas & Negócios

A TAAG tem uma divida com fornecedores internacionais de 250 milhões de dólares, revelou hoje o administrador não executivo da companhia, Rui Carreira.

TAAG deve 250 milhões de dólares a fornecedores internacionais

Falando à imprensa, no acto de balanço dos 100 primeiros dias do novo conselho de administração da empresa, Rui Carreira referiu que a dívida deixada pela gestão anterior era de 1,2 mil milhões de dólares.

O gestor explicou que, no quadro do saneamento das dívidas da empresa, foram certificadas 250 milhões dólares com fornecedores internacionais, após a injecção de mais de 700 milhões de dólares pelo Estado.

Na ocasião, o presidente do Conselho Executivo (PCE), Eduardo Soria, disse que o processo de privatização está para os próximos 24 meses, devido ao momento de incertezas no sector aeronáutico e da pandemia.

Por sua vez, a presidente do Conselho de Administração da TAAG, Ana Major, disse que, acerca da gestão de custos, com a sua liderança, foi possível melhorar a tesouraria, saindo de seis para 180 dias de fluxo de caixa.

Salientou igualmente que algumas medidas tomadas pela nova administração, como poupança em alugueres, encerramento de certos espaços, permitiram maior controlo de despesas, resultando, assim, na poupança de cerca de 20% em algumas áreas da empresa.

                                                                                                       Agência Angop/VE