Girabola Zap
Banco BAI
Reivindicações foram resolvidas a 95%

Trabalhadores da SMC terminam greve

23 Jan. 2020 Empresas & Negócios

Os trabalhadores da Sociedade Mineira do Cuango (CMC), na Lunda-Norte, regressaram na quarta-feira ao trabalho, pondo fim aos 10 dias de greve.

Trabalhadores da SMC terminam greve

As reivindicações foram resolvidas a 95% durante uma reunião realizada na terça-feira, em Luanda, entre o conselho de gestão da empresa, a comissão sindical dos trabalhadores e o conselho de administração da Endiama.

De acordo com o coordenador da comissão sindical dos trabalhadores, Kambamba Puna, as partes acordaram a substituição da directora administrativa da Sociedade Mineira do Cuango, a pontualidade no pagamento dos salários e a redução dos descontos remuneratórios.

Dos pontos constantes no caderno reivindicativo dos trabalhadores, ficou decidida a reposição e o incremento de incentivos, a melhoria das condições de segurança social e a disponibilização de cinco milhões de kwanzas/mês para a aquisição de medicamentos para o centro de saúde.

As partes acordaram, igualmente, a definição de regras e os procedimentos internos, com vista à normalização das operações mineiras.

Os acordos têm duração de dois anos e prevêem reuniões de balanço trimestrais, para aferir o grau de execução.

Com pelo menos, 700 colaboradores, 85% dos quais angolanos, a Sociedade Mineira do Cuango opera desde 2004 e resulta de uma parceria entre a Endiama, ITM e a Lumanhe, detendo uma área de três mil quilómetros de extensão na zona do rio Cuango.