Com um prazo de seis meses

Transportes exige remoção de aeronaves no aeroporto internacional

Os proprietários de aeronaves inoperantes, acidentadas, imobilizadas ou consideradas fora de uso que se encontram estacionadas no Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro têm seis meses para remover os aparelhos.

Transportes exige remoção de aeronaves no aeroporto internacional

O Ministério dos Transportes, num edital de Dezembro, avisa que ao fim deste prazo as aeronaves “considerar-se-ão perdidas a favor do Estado”.

Para procederem à remoção, os proprietários devem pagar os encargos devidos ao Estado pelo tempo em que os aparelhos estiveram estacionados no aeroporto.

 

 

X