Em 2023

Uíge prevê retomar produção de cobre

28 Jan. 2021 Empresas & Negócios
Uíge prevê retomar produção de cobre

Trata-se de uma zona com numa extensão de aproximadamente 9,684,5km2, que já foi objecto de exploração durante o período colonial e quando voltar a funcionar (em 2023) poderá criar 500 postos de emprego directos e milhares indirectos.

Em entrevista à ANGOP, o presidente do conselho de administração da Sociedade Mineira de Cobre de Angola (SMCA), Rui Lopes, explicou que foram investidos, em 2009, 59 milhões na exploração nas zonas de Tetelo, Pecheche, Lueza, Quinzo, Quimbumba e Bembe.

Os trabalhos de prospecção geraram 115 furos de sondagem, correspondentes a 60 mil metros, com uma previsão, total, de produção, em 15 anos, de 326 mil toneladas cobre contido.

Para o desenvolvimento e construção da mina, a Sociedade Mineira de Cobre de Angola estabeleceu um acordo com um investidor chinês e prevê o início das obras em 2022, enquanto no ano em curso serão realizados estudos de viabilidade técnica, económica, financeira, de impacto ambiental e social, entre outros.

X